Milte hi aankhein dil hua deewana kissi ka

"Dentro dela há um brilho de estrela, um raio de luar prateado e nuvens de todas as tonalidades. Dentro dela há um dia chuvoso, um crepúsculo índigo e anil e livros, prateleiras de contos e romances empoeirados, um cheiro de chocolate quente cremoso, laranjeiras em flor. Ela reflete tudo isso no olhar com um toque de inocência,os olhos, duas amêndoas boiando num lago. Olhos tão velhos que parece que nasceram antes do corpo e ficaram ali, dez anos, esperando o resto nascer. E simplicidade, um esmalte descascado, um sorriso de lado, cabelos (des)penteados pelo vento e uma memória que atravessa o tempo. E uma batida de coração mais alta, uma respiração mais lenta, mil alegrias, mil sofrimentos, sorriso entrelaçados em lágrimas e o vento na voz. Dentro dela há um coração que amanhece preguiçosamente no horizonte"
- Diana P.


Page 1 of 1

Home
ask
Extras
Créditos
weheartit
textos

Saudades do Tempo, dos velhos momentos,
Dos anos passados que foram com o vento,
Sorrisos, lembranças, belos sentimentos,
De transformações e de renascimentos,
Praias, viagens pela madrugada,
Nossa rotina era o pé na estrada,
Sempre felizes sem pensar em nada,
Paisagem mais bela é o sorriso da amada,
Contava as estrelas manto prateado,
Sentia o calor de um abraço apertado,
Fazia minha boca tocar o seu lábio,
Lua iluminava com um Bob no rádio,
Nas manhãs nubladas, bom humor imperava,
A vida era um jogo, sem cartas marcadas,
A noite no fogo, um bom som que rolava,
Por entre a fumaça, diversas risadas,
Como se seus ouvidos pudessem respirar,
O som invadia o corpo, como se fosse o ar,
O som tomava forma, sensação de bem estar,
Momentos de magia, muitas formas para amar,
Marcas de batom na borda de um copo plástico,
No peito euforia, abraços, riso fácil,
E com desconhecidos, seguia, criando laços,
Transpirava alegria era dona dos seus passos,
Consciência admirável como as tintas de uma tela,
Seus olhos tinham o brilho das cores da aquarela,
Seu cabelo ao vento era a paisagem mais bela,
Tinha a complexidade de uma Vênus moderna,
Ascendeu ao azul do céu nos seus próprios pensamentos,
Não pensou no seu futuro, ela era o momento,
Vi a ponta dos seus pés no gelado do cimento,
Entre olhares meu desejo, povoar seu pensamento.

— Maneva

Quote postado em 30/07/2012 às 4:35pm | 6 notes | (reblogue this!)